Os filmes educativos são ótimas formas de abordar temas que envolvem sentimentos e emoções, sejam eles positivos ou não. Ademais, diversos títulos entregam verdadeiras lições de vida e promovem reflexões importantes sobre nossas ações.

Além de um passatempo prazeroso que pode ser feito em família, os filmes educativos podem servir para trabalhar diversas habilidades socioemocionais com crianças e adolescentes, tais como respeito às diferenças, empatia e resiliência. 

As competências socioemocionais também devem ser trabalhadas fora da escola, pois a família tem um papel importante na formação de um indivíduo. Ademais, o lar deve ser um ambiente de acolhimento, no qual as criança e o adolescente deve sentir que podem expressar os próprios sentimentos. 

Para ajudar, separamos 8 filmes para assistir em família e aprender juntos!

8 filmes educativos para assistir em família 

Para que a família possa abordar diferentes habilidades socioemocionais com as crianças e adolescentes, aqui estão algumas sugestões de filmes que falam sobre tolerância, empatia e outras questões mais sensíveis  — e que devem ser debatidas dentro de casa. Confira! 

Leia também: Conheça as principais características socioemocionais da geração Z

1. Divertidamente

A animação Divertidamente é um dos melhores filmes educacionais para abordar a educação socioemocional, pois ele tem as emoções como foco. Lançado em 2015, o filme narra a vida de uma menina chamada Riley. 

Após mudar de cidade com os pais, ela precisa se adaptar à nova realidade e também encara o período de transição para adolescência. Porém, ela encontra algumas dificuldades para gerenciar as próprias emoções em meio a tantas mudanças

Na animação, todas as emoções da criança são representadas por personagens: Alegria, Medo, Raiva, Nojo e Tristeza. Eles ficam em uma sala responsável por comandar os comportamentos de Riley – além de causar algumas confusões. 

Com um ensinamento sobre a importância de entender e lidar com os sentimentos, mesmo os mais desagradáveis, esse filme deve ser assistido por todos!

Classificação indicativa: livre.

2. A Viagem de Chihiro

A Viagem de Chihiro é um filme educativo que aborda a autorreflexão. Chihiro é uma menina de 10 anos que precisa realizar uma viagem com os pais. Contudo, algo inesperado acontece no meio do caminho, e cabe a Chihiro resolver a situação.

Ao longo da história, o filme fala sobre busca de identidade, sobre a importância das mudanças e como amadurecer diante de situações inesperadas que acontecem. Apesar de ter sido lançado há 21 anos, as lições do filme permanecem bem atuais. 

Classificação indicativa: livre.

3. Toy Story

Quem nunca se pegou cantando: “Amigo, estou aqui”? Toy Story é um clássico da animação, que encanta adultos e crianças. Ao longo dos quatro filmes, a franquia aborda diversos ensinamentos, entre eles a importância do companheirismo e os cuidados em não pré-julgar os outros.  

Os personagens desse filme educativo são todos brinquedos, que precisam lidar com imprevistos e suas emoções quando são doados, esquecidos, vendidos ou trocados pelos donos. 

Quando algo de ruim acontece com um deles, todos se juntam para ajudar o amigo em apuros, mostrando que o trabalho em equipe faz a diferença

Classificação indicativa: livre.

4. Os Croods

Também na lista de filmes educativos, Os Croods aborda com naturalidade a importância de sentir medo — e também como encará-lo. A família Croods vive em uma caverna na era pré-histórica, liderada por um pai que tem medo do mundo exterior.

Entretanto, uma das filhas começa a explorar o que o mundo fora da caverna tem a oferecer. Ao longo da história, o filme fala sobre enfrentar os desafios, lidar com as adaptações ao longo da vida e a importância da união familiar. 

Classificação indicativa: livre.

5. Extraordinário

O bullying é um tema que precisa ser amplamente debatido entre crianças e adolescentes, afinal, os efeitos maléficos dessa prática permanecem durante toda a vida da vítima. E é exatamente esse problema tão delicado que o filme Extraordinário aborda. 

A história narra a vida de Auggie, um menino de 10 anos que tem uma deformação na face. Após anos sendo educado em casa e usando um capacete de astronauta para esconder o rosto, ele vai à escola pela primeira vez. 

Porém, o garoto passa por diversas humilhações por parte dos colegas e precisa aprender a viver em sociedade. Entre os ensinamentos estão a importância da empatia, do respeito às diferenças e sobre apoiar pessoas em situações delicadas – todos temas que devem ser debatidos em família. 

Classificação indicativa: acima de 10 anos. 

Veja também: Como a educação socioemocional pode diminuir o bullying nas escolas?

6. As Vantagens de Ser Invisível 

As Vantagens de Ser Invisível é um dos filmes educativos mais conhecidos pelo público adolescente. O filme narra a vida de Charlie, um jovem que está em tratamento contra a depressão e, por se sentir diferente, tem dificuldades para se adaptar à nova escola. 

Em meio às turbulências da adolescência, ele faz duas novas amizades que mostram as potencialidades que ele próprio não consegue enxergar. As Vantagens de Ser Invisível fala sobre relacionamento, amizades e conflitos. Ademais, possibilita abertura para abordar transtornos psicológicos em adolescentes e a importância de buscar ajuda. 

Classificação indicativa: acima de 13 anos.

7. Um Senhor Estagiário

Existe idade para realizar sonhos? O filme Um Senhor Estagiário mostra que não. As lições apresentadas servem como um conforto para os adolescentes que vivem ansiosos com a pressão de decidir toda a vida enquanto ainda estão no Ensino Médio.

O filme é protagonizado por Ben Whitaker, um homem viúvo de 70 anos que começa em um novo emprego. Com isso, ele vive experiências que os tiram da zona de conforto. Ademais, o filme fala sobre trabalho em equipe, respeito às diferenças e como não subestimar o outro

Classificação indicativa: acima de 10 anos.

8. À Procura da Felicidade

À Procura da Felicidade é um dos mais conhecidos filmes educativos, que traz ensinamentos importantes para toda a família.

A história conta a vida de Chris Gardner, um homem desempregado que precisa cuidar sozinho do filho pequeno. Mesmo após passar por diversas dificuldades financeiras, Gardner não deixa a resiliência e perseverança de lado. Após traçar metas e se desdobrar para alcançá-las, a vida dos dois começa a tomar outros caminhos.

Esse filme maravilhoso aborda a importância de persistir na realização dos sonhos e acreditar que temos potencial, mesmo em meio às dificuldades que surgem pelo caminho. 

Classificação indicativa: livre.

Gostou deste post sobre filmes educativos para trabalhar as habilidades socioemocionais em casa? Para mais conteúdos sobre educação socioemocional, acompanhe o blog e as redes sociais do My Life.